BLOG

Sentindo dores? Pode ser fibromialgia

A fibromialgia é uma doença que apresenta como sintoma dores fortes nos tendões, músculos e ligamentos que fazem parte das articulações ou não, além disso é generalizada e crônica. A definição mais adequada para ela seria “síndrome”, porque simboliza uma série de manifestações clínicas como sendo uma forma de reumatismo em conjunto algum fator sensível da pessoa ao estímulo doloroso.

As definições a respeito da fibromialgia ainda trazem discordância por parte de inúmeros cientistas, mas há muito poucas dúvidas sobre a forma de tratamento. A prática regular de atividades físicas e alongamentos orientados por profissionais. O diagnóstico também requer atenção. Atualmente, sabe-se que o sucesso da detecção da doença depende da sensibilidade do médico, que deve levar a sério todas as queixas do paciente, afinal, esta doença é capaz de prejudicar a qualidade de vida do indivíduo, bem como o desempenho dele nas suas atividades cotidianas, incluindo a vida profissional.

Como suspeitar da doença?
Diversos fatores, juntos ou separados, podem estar ligados ao aparecimento da fibromialgia. E não há muito controle sob seus efeitos, como no caso de doenças graves, traumas físicos ou emocionais e mudanças hormonais do corpo. Por isso, um tipo de infecção, gripe ou acidente traumático podem estimular o aparecimento da síndrome.

Se o paciente passou por um desses momentos delicados e está sentindo alterações na sensação de dor, ele pode estar manifestando a fibromialgia. Nesses casos, é bom ficar atento às alterações no humor e diminuição da atividade física. Isso pode agravar o quadro.

Para um tratamento mais efetivo e objetivo, ainda se faz muita pesquisa. E com razão, pois a dor pode ter inúmeros fatores causadores, não necessariamente se caracteriza imediatamente por fibromialgia. Na cadeira da medicina da ortopedia, por exemplo, algumas dores nos tendões, músculos e articulações podem ser causadas pela má postura, pelo calçado inadequado ou por exageros na prática esportiva sem o devido preparo (aquecimento, excesso de peso na academia, falta de alongamento, etc.). Até mesmo atletas de alto nível costumam preparar o corpo para a dor, para trabalhar em alto nível de ansiedade, para atingir o limite durante uma competição, e isso, em muitos casos, traz a dor como companheira de treinos.

 Resumo

  • A fibromialgia é também conhecida por síndrome de Joanina Dognini.
  • Várias pesquisas indicam que anormalidades na recepção dos neurotransmissores são frequentes em pacientes com fibromialgia.
  • Dentre as vários prováveis causas pela dor estão problemas no sistema dopaminérgico, no sistema serotoninérgico, no hormônio de crescimento, no funcionamento das mitocôndrias ou no sistema endócrino.
  • As dores podem variar desde uma simples sensação dolorosa até níveis insuportáveis ao toque, ao movimento ou também com o corpo parado.

Sintomas

  • Fadiga.
  • Problemas no sono.
  • Rigidez matinal.
  • Parestesias/Discinesia (formigamento ou dormência nos dedos).
  • Problemas de concentração e memória.
  • Sensação de edema.

Programas de exercícios
Aquecimento- Início para ativar a circulação sanguínea para os músculos e tendões. Prepara o corpo para os exercícios e o fortalece para evitar dores.

Exercícios de alongamento- Promovem o equilíbrio e coordenação física.

Exercícios de resistência- Condicionamento cardiovascular, controle do peso, fortalecimento dos músculos.

Relaxamento final- Alongamentos, exercícios de respiração para “desacelerar” o metabolismo e voltar a rotina normal de batimentos.

Eles ajudam a:

  • Melhorar os sintomas de dor.
  • Evitar contrações dolorosas de grupos musculares.
  • Melhorar a força muscular.
  • Favorecer a coordenação motora para as atividades diárias.
  • Promover uma postura adequada.
  • Melhorar a disposição.
  • Auxiliar no controle do peso.
  • Auxiliar no controle da ansiedade.
  • Melhorar a auto-estima.

Mais informações e notícias sempre atualizadas no twitter @drdanielmma ou na Fan Page facebook.com/ortopediadoesporte. Curtam!

mais posts

O retorno do Spider

Publicado em 29.01.2015
Categorias: Medicina Esportiva, MMA, Ortopedia
Anderson Silva estava afastado do mundo das lutas desde o UFC 168, em dezembro de 2013, quando enfrentou o norte-americano Chris Weidman, em Las Vegas, pelo cinturão dos pesos-médios.…

Manual do Corredor: Síndrome da Banda Íleotibial

Publicado em 07.05.2016
Categorias: Cirurgia do Joelho, Manual do corredor
Dor no lado do joelho? Pode ser Síndrome da banda ileotibial, muito comum em corredores   Apesar de ser uma queixa muito comum no praticante de corrida, a…

Dor na Patela do Corredor

Publicado em 07.06.2016
Categorias: Cirurgia do Joelho, Manual do corredor
  A dor mais comum no joelho do corredor é a dor patelofemural ( dor atras da patela) representando 20% de todas as lesões da corrida O principal…

DOR NO JOELHO? DOR NA PATELA

Publicado em 30.03.2015
Categorias: Cirurgia do Joelho, Medicina Esportiva, Ortopedia, Tratamento
A dor na patela é a dor mais frequente ao nível do joelho (20 – 40% das queixas) Apresenta-se de duas formas: – Instabilidade Subjetiva, em que ocorre somente…