BLOG

O NOVO SUSTO DO SPIDER

 

Anderson Silva passou por um grande susto no fim da manhã de segunda-feira. Após um treino de jiu-jítsu na academia XGym, no Rio de Janeiro, o lutador sentiu fortes dores nas costas ao tentar se levantar e caiu no chão. Chorando de dor, o Spider se desesperou ainda mais ao constatar que não estava sentindo as pernas, o que durou alguns minutos. Após avaliação através de exames de imagem e de seu médico particular, dr Márcio Tannure, nada de grave foi constatado.

Más, o que aconteceu com o Spider?

O diagnóstico foi de lombalgia (dores na região lombar) aguda, e Anderson recebeu alta na manhã desta terça, depois de passar a noite sob cuidados médicos por precaução. Ele está bem, e tudo não passou de um grande susto

O Dr. Márcio Tannure, diretor médico da Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) e médico pessoal de Anderson Silva, acompanhou o caso de perto e tranquilizou os fãs do lutador. Segundo Tannure, o fato de o Spider não ter sentido as pernas em determinado momento é uma coisa normal, pois foi uma espécie de reflexo, ou seja, a compressão neurológica causou dores que foram irradiadas para os membros inferiores.

– Realmente foi um susto. Ele sentiu uma dor aguda por causa da contratura. Dói muito, realmente, mas não vai mudar nada em termos de treinamento. O problema que ele teve justifica a dor, mas não vai resultar num afastamento dele, nem no cancelamento da luta – disse Tannure

Fonte: Canal Combate

dor muscular ortopedia do esporte

 

O QUE É LOMBALGIA

A dor lombar constitui uma causa freqüente de morbidade e incapacidade, sendo sobrepujada apenas pela cefaléia na escala dos distúrbios dolorosos que afetam o homem.

DEFINIÇÃO: Dor na região mais baixa da coluna

ORIGEM :

– Primárias ( congênitas e genéticas)

– Secundárias ( adquiridas = neoplásicas, inflamatórias, infecciosas, metabólicas, traumáticas, degenerativas e funcionais.

Sem sombra de dúvidas, as causas Funcionais são as mais comuns. ( má postura, desequilíbrios musculares, sedentariasmo e sobrecarga na coluna).

DIAGNÓSTICO: feito através do exame físico e exames de imagem ( Rx, Tomografia e Ressonância Magnética

TRATAMENTOS:

– Na crise aguda = repouso, antinflamatórios e analgésicos.

– Dores Crônicas = fisioterapia, treinos funcionais e de pilates para fortalecimento do CORE ( conjunto de músculos que dão sustentação para a coluna lombar)

OPINIÃO:

Cada vez mais observo esta queixa no consultório, independente do nível de atividade do atleta. No caso de Anderson Silva, um atleta de altíssimo rendimento, o nível de atividade e preparação ao longo da vida, proporcionam alterações “negativas” para coluna, principalmente desgaste precoce.

Para praticantes de atividade física recreacional , tenho recomendado o pilates e o treinamento funcional, embasado em trabalhos atuais que preconizam o treinamento do CORE ( acompanhe matéria: http://www.ortopediadoesporte.com.br/treinamento-funcional-no-pilates/)

 

 

 

mais posts

18 de Outubro – Dia do Médico

Publicado em 18.10.2013
Categorias: Medicina Esportiva
Parabéns a todos os médicos e suas famílias. É muito gratificante poder partilhar com os colegas data tão importante, que nos faz lembrar o quanto amamos a profissão.…

A dor muscular não deve ser ignorada

Publicado em 14.08.2014
Categorias: Medicina Esportiva, Ortopedia
Quem nunca sofreu com dores musculares pelo menos uma vez na vida? Chamada de mialgia, acomete qualquer parte do corpo devido à tensão nos músculos. As causas mais…

Conheça as lesões mais comuns no surf

Publicado em 28.11.2013
Categorias: Ortopedia
A maioria das lesões são causados por wipeouts (vacas em recifes de coral, ou fundo de areia), colisões com outros surfistas na água, ou com alguma criatura oceânica…

Matéria Primeiro round – Doping de Anderson Silva

Publicado em 04.02.2015
Categorias: Imprensa, MMA
  http://www.primeiroround.com.br/noticias/item/6177-m%C3%A9dico-do-ufc-no-brasil-daniel-carvalho-comenta-doping-de-anderson-silva.html