BLOG

Dúvidas sobre torções e lesões de joelho

Na prática esportiva, as lesões no joelho são bastante comuns. A palavra lesão até parece um pouco pesada para o tema, mas os problemas de joelho são mesmo frequentes e alguns deles podem tirar o atleta da sua atividade por um longo período.

No caso de um atleta profissional, se houver, por exemplo, uma torção no joelho, o prejuízo é enorme, tanto pela questão emocional quanto pelos investimentos “perdidos” pelos patrocinadores e equipe defendida pelo atleta, seja de futebol, basquete, vôlei ou outra modalidade. No atleta amador, a dor de cabeça pode ser ainda maior, já que não há “cobrança” em cima do tratamento e algumas pessoas nem sequer procuram um médico ortopedista, levando a situação do jeito que dá.

Tipos de lesões
No esporte, basicamente, o joelho pode sofrer dois tipos de lesões:

  • Contusões (traumas diretos por pancadas, comuns em esportes de contato).
  • Torções (traumas indiretos, normalmente causados quando o pé está travado no chão e a perna roda).

As contusões podem lesionar os tendões e os ossos do fêmur e tíbia. Com isso aparecem os edemas ósseos, que são inflamações da medular óssea, a parte mais interna do osso. Nesses casos, se não acontecerem imprevistos, o tratamento é rápido, baseado em tipos específicos de fisioterapia e analgésicos para minimizar a dor. Agora, quando o caso de contusão é de luxação da patela, por ser mais grave, é preciso tratamento específico para cada caso.

Por natureza, as torções já são consideradas mais graves e costumam incomodar mais. O fato do pé estar apoiado no chão, provoca um giro mais violento do joelho e isso acarreta três tipos básicos de problemas:

  • Lesões da cartilagem articular.
  • Lesão de menisco.
  • Lesões ligamentares (ligamento cruzado anterior, cruzado posterior, colaterais).

Hoje em dia, tudo é muito bem documentado e os esportistas tem uma grande chance de sucesso em sua recuperação, mesmo em casos cirúrgicos. A chave para uma recuperação plena e sem sequelas é o diagnóstico, que deve ser feito o quanto antes por um especialista.

Dica para evitar lesões
Prevenção. Essa palavra deve estar no vocabulário de todo o atleta. No caso dos ossos, músculos e tendões, os exercícios preventivos devem ser levados à risca. São trabalhos de fortalecimento específicos para cada esporte. Como exemplo, citando o futebol, por conta da vinda da Copa do Mundo para o Brasil, em 2014, a FIFA lançou recentemente o programa 11+, que visa justamente prevenir lesões no joelho de atletas de futebol.

Mais notícias e informações no Twitter @drdanielmma ou na Fan Page do Ortopedia do Esporte no Facebook.

Até a próxima.

mais posts

Manual do corredor: Princípios do Treinamneto

Publicado em 11.12.2014
Categorias: Manual do corredor, Medicina Esportiva
Preparação Física: Princípios do Treinamento Em qualquer atividade física, a preparação física tem papel fundamental na melhora do rendimento esportivo. Uma “preparação de base” bem feita é necessária…

Feliz Natal – Ortopedia do Esporte

Publicado em 24.12.2013
Categorias: Medicina Esportiva, Ortopedia
Com a chegada das festas de fim de ano, vamos terminando mais um ciclo de trabalho. O ano e 2013 foi motivador para todos, exigindo muita perspicácia e…

Manual do Corredor: Riscos da passada larga

Publicado em 18.07.2016
Categorias: Manual do corredor
Deseja executar uma corrida saudável para sempre? Cerca de 65-75% dos corredores irão experimentar alguma lesão ao longo de 1 ano. Isso faz com que a execução correta…

O retorno do Spider

Publicado em 29.01.2015
Categorias: Medicina Esportiva, MMA, Ortopedia
Anderson Silva estava afastado do mundo das lutas desde o UFC 168, em dezembro de 2013, quando enfrentou o norte-americano Chris Weidman, em Las Vegas, pelo cinturão dos pesos-médios.…