BLOG

Dor no joelho

 

Problema comum que pode se originar em qualquer uma das estruturas ósseas comprometendo a articulação (fêmur, tíbia, fíbula), a patela (rótula), os ligamentos, meniscos e cartilagem.

Pode afetar pessoas de todas as idades e provocar alguma restrição física.

Pode ter várias causas e se apresentar localizada ou difusa pela articulação

Um exame físico completo irá estabelecer o diagnóstico de dor no joelho.

O tratamento depende da causa subjacente e na maioria dos casos resume-se ao tratamento conservador. Cirurgias podem ser necessárias, más são exceção.

O prognóstico da dor no joelho é geralmente boa e vai depender do tipo de tratamento e evolução do quadro

Principais sinais e sintomas:

Inchaço: para que o joelho inche, alguma alteração articular deve ocorrer, por isso, se seu joelho incha ou está inchado, procure um especialista. Todas as lesões intrarticulares podem causar inchaço.

Falseios: sensação de que o joelho sai do lugar. São relacionados com as lesões de ligamentos, meniscos ou quando a patela costuma sai do lugar

Estalidos: sintoma muito freqüente no joelho. A articulação do joelho funciona parecido como uma dobradiça de uma porta, podendo estalar. Na grande maioria das vezes, o estalo não é problema, no entanto, se acompanhado de dor e inchaço, uma avaliação deve ser feita para um diagnóstico.

Bloqueios – travamento: algumas lesões de menisco, de ligamento cruzado anterior e de cartilagem põem causar o bloqueio da flexo – extensão do joelho.

Observações

Agudos: principalmente dor e inchaço com dificuldade de flexionar e extender o joelho. Se o inchaço ocorre imediatamente, pode sugerir uma ruptura do ligamento ou fratura. Se o inchaço surge ao longo de um período de várias horas, lesões do menisco ou da cartilagem pode ser a causa. No entanto, lesões no joelho pode envolver mais de uma estrutura e os sintomas podem não apresentar claramente.

Crônicos: o inchaço pode ser intermitente, provocado pela atividade física ou esforços do dia dia. Dor para atividades do dia dia, como subir e descer escadas, agachar e realizar esforços com impacto.

 

Tipos de lesão

Agudas: aquelas que ocorrem subitamente como nas contusões e entorses

Crônicas: vão ocorrendo ao longo do tempo, como o desgaste da cartilagem ( artrose) e tendinites

 

Causas de dor:

Contusão: são os traumas diretos na articulação, por exemplo durante uma partida de futebol.

Entorses:

– Lesão de ligamentos: quando ocorre estiramento do ligamento, podendo romper o mesmo. São classificados em grau I ( estiramento sem lesão das fibras do ligamento); grau II ( quando ocorre lesão parcial das fibras do ligamento); grau III ( quando todas as fibras do ligamento se rompem)

– Lesão de cartilagem e menisco: conforme a direção da força de torção, podem ocorrer sobrecargas nos meniscos e cartilagem, levando as lesões geralmente por compressão.

Lesões dos músculos e tendões: são causados ​​por hiperflexão ou hiperextensão súbita do joelho ou por esforços repetitivos. São classificadas em grau I ( estiramento sem lesão das fibras do músculo); grau II ( quando ocorre lesão parcial das fibras do músculo); grau III ( quando todas as fibras do músculo se rompem). As tendinites são freqüentes e geralmente relacionadas ao despreparo muscular, juntamente com a sobrecarga repetitiva.

Bursites: ocorrem devido a traumas diretos ou uso crônico. É a inflamação dessa estrutura que reveste a parte anterior da patela e os tendões da parte interna do joelho.

Como o joelho trabalha em uma forma conjunta entre suas estruturas, uma lesão localizada pode repercutir no joelho como um todo e ainda levar a lesões de outras estruturas articulares.

 

Quando você deve procurar o especialista?

Inchaço agudo ou crônico no joelho

Incapacidade de suportar peso

Dor insuportável e limitante para o dia dia

Estalos associados a dor

Sensação de bloqueio (travamento)

Falseios no joelho ( você tem a sensação de que o joelho sai do lugar)

Diminuição da mobilidade do joelho ( dificuldade de flexão e extensão)

Alguma deformidade óssea aguda aparece após algum trauma.

 

mais posts

MANUAL DO CORREDOR: CANELITE

Publicado em 18.03.2015
Categorias: Manual do corredor, Medicina Esportiva, Ortopedia, Tratamento
  Nome popular da síndrome de estresse do medial tibial ou periostite medial de tíbia ( inflamação do principal osso da canela, a tíbia, ou dos tendões e…

Suspensões médicas UFC: Bigfoot vs Arlovski

Publicado em 18.09.2014
Categorias: MMA, Ortopedia
  Comunicado Oficial – Suspensões Médicas UFC Fight Night: Bigfoot vs. Arlovski A Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) dispõe abaixo a lista dos lutadores que participaram do…

Em ano de Copa a bruxa anda solta

Publicado em 17.04.2014
Categorias: Ortopedia
Em anos especiais como este de Copa do Mundo da FIFA no Brasil, jogadores de futebol de alto nível costumam sentir um frio na espinha só de ouvir…

Avaliação Médica anual nos esportes

Publicado em 23.01.2015
Categorias: Cirurgia do Joelho, Imprensa, Manual do corredor, Medicina Esportiva, MMA, Ortopedia, Tratamento
Independente do tipo de esporte, idade e nível de atividade ( profissional ou recreacional), todos, sim, todos os praticantes de atividade física devem passar por uma avaliação médica…

Instagram