BLOG

Cuidados com a nova onda do Crossfit

De tempos em tempos uma nova onda surge como a “mais completa e revolucionária” forma de praticar atividade física. Agora é o CrossFit, que como em todas as outras modalidades, atrai inúmeras pessoas em busca de resultados mágicos e imediatos. E a qualidade de vida? Essa, pelo visto, vai ficando em segundo plano, pois tenho atendido cada vez mais pessoas que iniciaram a tal atividade e sofreram algum tipo de lesão.

O que é Crossfit

Desenvolvido pelos ex-ginastas Greg Glassman e Glassman Lauren, o Crossfit possui três conceitos para se chegar ao condicionamento físico dito ideal.

 

Primeiro conceito – trabalho de 10 capacidades ou aptidões físicas tais como:

·         Resistência cardiorrespiratória.

·         Resistência muscular.

·         Força.

·         Flexibilidade.

·         Potência.

·         Velocidade.

·         Coordenação.

·         Agilidade.

·         Equilíbrio.

·         Precisão.

 

Segundo conceito – execução de qualquer atividade física de uma maneira aleatória. Fazer bem qualquer atividade, através de exercícios funcionais feitos em alta intensidade e constantemente variados.

 

Terceiro conceito – estimular e utilizar as três vias metabólicas que geram energia para qualquer tipo de ação física.

·         Atividades de maior potência: exercícios que duram aproximadamente 10 segundos.

·         Potência moderada: exercícios com duração acima de 10 segundos a poucos minutos

·         Baixa potência: exercícios com duração de vários minutos que utilizam a energia da gordura armazenada

 

 

Opinião a respeito

O Crossfit veio para acrescentar mais uma modalidade de atividade física estimulante ao praticante, pois desafia, a cada sessão, a melhoria do desempenho. Além disso, trabalha valências fisiológicas de forma conjunta sem aquele tédio de uma sessão de musculação ou de um treino aeróbio em uma esteira.

No entanto, MUITO CUIDADO, os exercícios realizados durante as sessões de crossfit são exercícios complexos, que trabalham mais de uma musculatura ao mesmo tempo, exigindo do praticante uma execução precisa para evitar lesões.

 

Dicas

· Iniciantes-  priorize a execução adequada dos exercícios nos três primeiros meses, como forma de adaptação.

· Avaliação ortopédica– Faça, principalmente, uma avaliação da coluna lombar, já que os exercícios exigem muito da coluna (agachamentos/levantamento olímpico, etc.)

· TODO MUNDO PODE FAZER CROSSFIT?- Depende. Uma precisa avaliação dos objetivos do exercício, associada à uma periodização do treino por profissional habilitado, são a chave para evitar lesões, cada vez mais frequentes nos consultórios médicos.

mais posts

Lesão do menisco, Cirurgia em Curitiba

Publicado em 24.03.2015
Categorias: Cirurgia do Joelho, Medicina Esportiva
  As lesões de meniscos estão entre as lesões mais frequentes no joelho. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, na sua grande maioria, são lesões…

Manual do Corredor: Predomínio de Lesões na Corrida

Publicado em 28.04.2016
Categorias: Manual do corredor, Medicina Esportiva
Algumas pesquisas têm procurado determinar a epidemiologia das lesões nos esportes para adequar a indicação da prática esportiva mais segura para uma determinada população e desenvolver estratégias de…

O que a medicina vê no Mundial de Judô

Publicado em 29.08.2013
Categorias: Medicina Esportiva
Acompanhando as notícias do Mundial de Judô do Rio, que acontece no Maracanãzinho, deparei-me com uma informação interessante sobre as lesões do esporte, principalmente nas articulações e ligamentos.…

Georges St-Pierre: ” TOC interrompeu a carreira “

Publicado em 27.02.2014
Categorias: MMA, Tratamento
Em entrevista ao canal de TV canadense CBC, o agora ex-campeão revelou que teve diagnosticado Transtorno Obsessivo Compulsivo (ou TOC), uma das principais doenças psiquiátricas da atualidade, como…